quarta-feira, 8 de março de 2017

Poeminha do cidadeiro

Cidadeiro, Neologismo de Dante

Que seria cidadeiro? 
Alguém que mora na cidade 
que não tem cidadania
 que vive na correria 
pelo pão de cada dia
 seria isso, cidadão? 
 Alguém com trabalho ou não 
por si só é cidadão? 
Seria uma nova profissão?
 A terminação -eiro vai nesta direção
 padeiro, leiteiro, carteiro
  mas brasileiro não
 brasileiro é nacionalidade
 pode até ser sem noção
 de sua cidadania
 pode até nem ser nação
 que  seria então cidadeiro?
 Pergunta pra o Dante, então!


Francisco Antonio Rocha Feitosa(autor)fiz este poema ao ouvir este palavra sendo dita por 
meu filho Dante.

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Visita ao Sitio Retiro- Catarina Ceará.

                                                     Velho engenho de rapadura hoje abandonado
                                               Casa dos meus avós
                                             Cemitério da familia
                                               Casa de meu Tio Carrim

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Retiro das Minhas Lembranças

Este é um livro de memórias onde se misturam a ficção e a realidade, um pouco do que vivi e que escutei. "Retiro" é um pequeno sítio no municipio de Catarina, fronteira com o Flamengo, distrito das terras de Saboeiro,  no interior do Ceará, lugar onde viveu meus avós paternos. Mas também coincide com o nome do livro por ser neste onde guardei algumas lembranças, que obviamente sendo minhas é um ponto de vista pessoal, as vezes, distorcido pelo tempo,  refeita a nossa vontade, como são todas as lembranças. Dentro delas estão aspectos de um momento no tempo, na história local, que uma vez escrita permanecerá mais ao longo do tempo.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

tudo passa

Certo dia um sacerdote percebeu a seguinte frase
em um pergaminho pendurado aos pés
da cama de seu mestre:
"isso também passa".

Com a curiosidade de cada ser humano
resolveu perguntar:
"Mestre, o que significa essa frase?"
E o mestre sem titubear lhe responde:
A vida nos prega muitas peças,
que podem ser boas ou não.

Mas tudo significa aprendizado.
Recebi esta mensagem de um anjo protetor
num desses momentos de dor onde
quase perdi a fé.

Ela é para que todos os dias antes de me levantar
e de me deitar possa ler e refletir,
para que quando tiver um problema,
antes de me lamentar eu possa me lembrar que
"isso também passa".

E para quando estiver exaltado de alegria,
que tenha moderação e possa encontrar o equilíbrio,
pois "isso também passa".

Tudo na vida é passageiro,
assim como a própria vida,
tanto as tristezas como também
as alegrias.

Praticar a paciência e perseverar no
bem e nas boas ações,
ter simplicidade,
fé e pensamentos positivos mesmo
perante as mais difíceis situações,
é saber viver e fazer
da nossa vida
um constante aprendizado.

É ter a consciência de que todas as pessoas erram,
de que o ser humano ainda é um ser imperfeito
em busca da perfeição e por isso até
saber que se muitas
vezes nos decepcionamos com pessoas,
é porque esperamos mais do que elas
estão preparadas para dar,
dentro de seu contexto e grau
de compreensão.

Deste modo, meu amigo,
toda vez que olho para essa frase,
meu coração se aquieta e a paz me invade,
pois sei que
"isso também passa".

terça-feira, 9 de dezembro de 2008